segunda-feira, 20 de abril de 2020

A Moral veio da Rússia!

O Estudo Em Casa começou hoje.
À falta de uma moral portuguesa suficientemente boa e certificada, arrancou com um livro que "é uma adaptação realizada a partir de um conto popular russo recuperado por Alexander Afanásiev"






SINOPSE


"A casa da mosca fosca" é uma adapatação realizada a partir de um conto popular russo recuperado por Alexander Afanásiev. As diferentes personagens introduzem os leitores num atraente jogo de números e tamanhos, rimas, repetições e ritmos, que são elementos próprios da tradição oral. Trata-se de um conto acumulativo que apresenta uma galeria de personagens que convidam ao jogo fonético.
O ilustrador Sergio Mora cria animais delirantes, com personalidade própria, repletos de humor e expressividade, utilizando cores "explosivas, quase fluorescentes". Um conto para ler e contar, que cresce em intensidade a cada página até culminar num final surpreendente.

(Imagem e sinopse retirados da BERTRAND Livreiros Aqui )

Sendo o mundo tão grande, anotei a subtileza, com a certeza de que vou ser insultado por uns e outros dirão que para onde vou já eles de lá vieram.


Bowie / Placebo - Without You I'm Nothing - Irving Plaza, 29th March 1999



sábado, 13 de janeiro de 2018

Relógio parado...



O tempo que passou fez com que o relógio só diga algumas horas do dia.
Os limoeiros não ajudam com os meses - dão limões o ano todo.
A parede diz que já passaram anos.
Sou eu que passo.

domingo, 12 de fevereiro de 2017

Emma Stone



'City of Stars' (Duet ft. Ryan Gosling, Emma Stone) - La La Land Origina...




La La Land é um exercício sobre estar-se vivo que usa a beleza como meio, sem alienar a realidade.
Não se ouve um único tiro durante as mais de duas horas de filme e ouve-se música, muita música.
A dança está sempre presente, sem contorcionismo.
Ali quem mata é a Emma Stone.

quinta-feira, 23 de junho de 2016

Portugal (13)



          Já poucos se lembram do “bota-fora”; perdeu ao jogo e desapareceu numa situação de “mata-mata”.


quarta-feira, 15 de junho de 2016

Peixinhos da horta



Quando chove muito a dona Berengária apanha uma ou outra truta, à mão, e leva-as no cesto por cima da erva. Chegada a casa arranja-as, descasca umas batatinhas e mete tudo no forno. Enquanto dá de comer aos coelhos pensa para com os seus botões que tem um talho no quintal e uma peixaria na horta.
Há dias em que a dona Berengária acende o fogo só para secar calçado.